quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Estou doente mas bem,obrigado!


Sabem o que é uma diverticulite? Nem queiram saber. É assim, uma espécie de infecção no intestino grosso que nos impõe uma dieta horrível, que nos atira abaixo com febre, que nos rouba as forças e, ainda por cima, incomoda sériamente. Se nos descuidarmos pode matar. Se tormarmos precauções, vive-se com decência. Confesso que aturei esta companhia nos últimos meses, quase em segredo, até porque achava graça ao nome: diverticulite! Conseguia trabalhar, escrever, suportar o ritmo de trabalho, viver com a mesma paixão com que percorri a vida. Sem desistir e servindo com a mesma determinação de sempre.
Porém, o médico - há sempre um médico que embirra com a vontade de um homem - acabou com este faz de conta e impôs o meu internamento. Três dias a pastar antibióticos. A meter para a veia! Pronto, é só isto.  Daqui a três dias regresso. Não se incomodem, coisa que me dá jeito pois o meu telefone não pára de tocar.  E dava-me jeito que não tocasse. Ao menos posso gozar a 'pedrada' com mais calma. Daqui a três dias estou de volta e tenho a certeza de que a única coisa que me vai doer, eventualmente, será algum desaire do meu Sporting. Um abraço comovido a todos os que puseram as últimas horas da minha casa e do meu telemóvel em alvoroço. Ainda não é desta! Gozem um bom fim de semana. E obrigado pelo silêncio.

Sem comentários:

Enviar um comentário